troperville

tools

toys


main index

Narrative

Genre

Media

Topical Tropes

Other Categories

TV Tropes Org
random
Pt: Monica's Gang
Uma pequena porção dos dezenas de personagens.

Turma da Mônica é uma série de quadrinhos brasileira criada por Mauricio de Souza, que desde sua criação nos anos 60 faz muito sucesso.

A série tem diversas revistas, tirinhas, e é dividida em grupos, ou “turmas”. A principal envolve quatro crianças de 7 anos que moram em São Paulo:

Outras turmas incluem:

Agora com uma lista de personagens em construção.

Para ler a página em inglês, clique aqui.

Contém exemplos de:

  • All Love Is Unrequited: Franjinha e Marina (Amor á primeira vista!). Eventualmente, dá certo.
    • Também Piteco e Thuga.
  • Alpha Bitch: Carminha Frufru, apesar de não ser tão malvada.
  • Amazing Technicolor Wildlife: Muitos: Jotalhão e Floquinho são verdes, Bidu é azul, Bugu é amarelo (e em forma de ovo!)...
    • Citado em uma história em que um menino pede ao pai um elefante verde. Quando Jotalhão aparece para o menino, ele se frustra porque queria vê-lo ficar maduro.
  • Ambiguously Gay: Xaveco.
    • Word of Gay, parece.
    • Em Porra, Maurício!, Titi (que até tem namorada) e Rolo, que vivem em momentos constrangedores.
  • Anatomy Anomaly: Os personagens que não usam sapatos (exceto Chico Bento e sua turma) não tem dedos nos pés. E Bugu é o único cão sem nariz (e geralmente anda em duas patas...será que é um cachorro mesmo?)
    • Citado em uma história dos anos 80 em que Mônica percebe que não tem dedos nos pés e vai com Cascão reclamar com Mauricio. Ele os convence dizendo que é um dos traços que os torna únicos, para depois desenhar e ficar chocado ao ver uma Mônica com “todos os dedos''.
  • Anti-Hero: Cebolinha e Mônica eram isso, como crianças. O primeiro é geralmente tratado como um garoto obcecado com virar o dono da rua e muitas vezes seus "planos infalíveis" parecem legítimos planos do mal, isso sem contar seu temperamento um pouco forte e suas tendências a tormentar seus amigos. Mônica geralmente é simpática e educada com quem a trata bem, porém é extremamente agressiva e não demora a apelar para violência para resolver seus problemas.
  • Art Evolution: Compare isso e isso (isso ainda mais).
    • Bem, tem uma equipe inteira trabalhando nos quadrinhos, então talvez seja subversão. Pegue qualquer título (sem ser da Turma Jovem) e veja como a arte varia de uma história para a outra.
  • Art Shift: Uma história tem Cebolinha and Cascão pegando o lápis de Marina e se transportando para outros quadrinhos.
    • E novamente em outra, estrelando Castão e Capitão Feio.
  • Ascended Extra: Mônica e Chico Bento começaram como secundários. Ambos são protagonistas agora.
    • Menor caso: Cascão e Magali eram secundários, e ganharam séries próprias em 1982 e 1989, respectivamente.
  • Author Avatar: Mauricio aparece frequentemente, e ocasionalmente há aparições de outros roteiristas.
  • Belligerent Sexual Tension/ Slap-Slap-Kiss: O relacionamento de Mônica e Cebolinha, embora menos na Turma Jovem.
  • Big Ball of Violence: Sempre que há uma briga. E nos espancamentos de Mônica, mesmo que Cebolinha seja o único espancado.
  • Blind Without 'Em: Zé Luís.
  • Boring Invincible Hero: Mônica é isso às vezes, especialmente [[Spotlight-Stealing Squad: quando não é a protagonista da história ou da revista mas vence o vilão]] (grande exemplo sendo Batmenino Eternamente, uma paródia de Batman Eternamente em que quem vence “Franjada” e “Do Combos” – Nimbus e Do Contra fundidos em uma versão de Duas-Caras – não é o Batmenino/Cebolinha, mas as coelhadas de Dona Mônica – versão de Chase Meridian ).
    • Apontado uma vez, após bater em vampiros que a xingaram:
      Mônica: Desculpa, Cascão. Eu sei que essa é a sua revista, mas isso já é demais.
  • Bratty Half-Pint: Dudu, e como.
  • Breakout Character: A própria Mônica. Além dela, Cascão e Magali ganharam suas próprias revistas anos após suas criações.
  • Butt Monkey: Geralmente Cascão ou Xaveco, mas praticamente todo menino já foi.
  • Cash Cow Franchise: Um dos motivos para compararem Mauricio a Walt Disney - 70% do lucro da MSP vem de licenciamento, cerca de R$2,6 milhões!
  • Catch Phrase: Bugu sempre pisa nas histórias de Bidu dizendo “Alô Mamãe!”.
    • E diz "adeus mamãe!" sempre que Bidu literalmente o chuta da história.
  • The Chew Toy: Xaveco, cujo status de secundário é frequentemente citado, inclusive por outros secundários (ele é uma vítima frequente do “Porra, Maurício!”, tendo até um #xavecoday com quadrinhos de Xaveco sendo maltratado).
  • City Mouse: Zeca, primo do Chico. Quando Chico vai visitá-lo, o oposto ocorre.
  • Cloud Cuckoo Lander: Louco, um fugitivo do hospício que deixa a vida de Cebolinha totalmente sem sentido.
    • E atualmente, praticamente todo mundo da Turma, graças aos novos roteiristas (responsáveis pelas histórias citadas em It Runs on Nonsensoleum). Muitas vezes personagens mostram completa falta de consideração ou quem devia ser ajudado: basta ver esta história, na qual Cebolinha fica entalado na pia ao lavar os “cabelos” na mesma.
  • Continuity Porn: Principalmente desde a década de 2000, com "Darth Feio" revelando ser irmão do pai de Cascão, e Mônica 500 (contando as edições da Abril, Globo e Panini) trazendo dezenas de citações a histórias antigas.
  • Cool Big Sis: Xabéu, a irmã bonitona de Xaveco.
  • Cute Bruiser: Mônica, não importa o que digam.
  • Depending on the Writer: Todos os personagens. Em algumas histórias, eles são tratados como crianças normais, às vezes com uma inteligência bem normal de uma criança de seis anos (um exemplo recente: Cebolinha não saber o que é "Taiwan"), enquanto em outras eles agem de forma mais cômica, e em outras os personagens sabem muito bem em que tipo de história estão e cometem diversos tipos de absurdices e coisas que crianças de seis anos jamais fariam. Cada tipo de enredo é escrito por um roteirista diferente, e embora as características-base dos personagens se mantenham, suas personalidades e capacidades são abordadas de diversas formas.
  • Did I Just Say That Out Loud?: Cascão parece sempre dizer a coisa errada na hora errada, o que costuma estragar os “planos infalíveis” de Cebolinha.
  • Demoted to Extra: Franjinha foi um dos primeiros personagens criados por Mauricio e foi o protagonista de diversas tirinhas. Porém, no fim dos anos 60, foi se tornando cada vez mais secundário e até hoje não possui um título próprio.]
  • Does Not Like Shoes: O possível motivo pra praticamente todo mundo na turma regular fora Cebolinha e a Turma do Bermudão (Titi, Franjinha) andar descalço.
  • Earthy Barefoot Character: Chico Bento e Zé Lelé por outro lado...
  • Everything Talks: Em algumas histórias de Bidu.
  • Failure Is the Only Option: Os Planos Infalíveis de Cebolinha (mas de verdade, tudo que é dito “infalível” VAI falhar).Ligado, a inabilidade de Cascão de não se juntar ao esquema, sabendo que vai dar errado.
  • Flanderization: MUITO nos últimos anos (desde pelo menos o fim dos anos 90). Todas as crianças são hiperativas e tem traços ampliados ao extremo - a gulosa Magali sempre fica frenética ao ouvir falar de comida, a “falta de notabilidade” de Xaveco tornando-o alvo favorito (o que não era normal). E muitos momentos fora de si, nem que seja pela Regra do Engraçado (muitos podem ser vistos no Porra, Maurício!).
  • Follow the Leader: Mauricio admitiu que uns personagens são pra ter versões nacionais: quadrinhos com crianças como Peanuts = a turma principal, fantasmas como Gasparzinho = Penadinho, Brucutu e The Flintstones = Piteco, Flash Gordon = Astronauta. E claro, a Turma Jovem ser Animesque é devido à popularidade dos mangás.
  • Forgets to Eat: Uma característica básica de Dudu (mas ele não comia de propósito), para torná-lo oposto de Magali. Não perdeu, mas geralmente aparece mais agora como garoto irritante (para desgosto do Cebolinha).
  • Four-Temperament Ensemble: Mônica é (muito) colérica, Cebolinha é sanguíneo, Cascão é melancólico, e Magali é supino.
  • Four Kid Band: O posto vago é ocupado por um 5o (geralmente Franjinha como The Smart Guy).
  • Gender Bender: Uma história tem a Turma mudando de sexo durante o aniversário de Mônica.
  • Genius Ditz: Magali.
  • Getting Crap Past the Radar: Muitas vezes, beirando refúgio na audacidade. O maior caso sendo em O Mônico, que é inclusive o avatar de “Porra, Maurício!”.
    • É notável também o filme A Rádio do Chico Bento, com um comercial de um produto contra desinteria: uma rolha!
    • Isso. (tanto em conteúdo como em usar nome real da revista e da pessoa)
  • Green Aesop: Acontece MUITO mais do que o necessário.
    • Exemplos mais triunfantes sendo nas histórias de Chico Bento (desmatamento, poluição, “viver na cidade te torna sedentário e paranóico” – principalmente nas histórias com o primo Zeca – e caça dos animais inocentes pelos “homens maus” são freqüentes) e Papa-Capim.
      • Parodiado em uma história de Cebolinha: "Pela, você acha que eu vivo na natuleza, velde, e essas coisas? Eu tenho cala de Chico Bento pla gostar de mato?"
  • Hair-Trigger Temper:Mônica.
  • Hairy Hammerspace: Floquinho.
  • Handsome Lech: Titi, quando a namorada Aninha está longe.
  • Hypocritical Humor: Um recurso ocasional, principalmente em tirinhas.
    • Notáveis são as historinhas de Mingau.
  • Image Song: Sou a Mônica, sou a Mônica...
  • Improbable Age: Todas as crianças fazem e sabem de coisas relativamente impossíveis para crianças de seis anos.
  • Improbable Weapon User: Mônica usa Sansão, seu coelho de pelúcia azul, para bater em meninos e quem mais vier.
  • It Runs on Nonsensoleum: Muitas histórias de Cebolinha nos anos 2000. Antes, só as com Louco e Floquinho, mas ocasionalmente chega ao absurdo, como a história de 1985 “O Deus Cebola”, em que Cebola sobe na “escada da ascensão espiritual” e ganha poderes divinos.
  • Jerk Ass: Cebolinha vira isso frequentemente (o “Porra, Maurício” sempre o chama de babaca), e não só com Mônica. Já fez planos para dar banho em Cascão e usou o apetite de Magali como arma contra Mônica, um verdadeiro Enfant Terrible. Mas no geral, é apenas...
  • Jerk with a Heart of Gold: Cebolinha, e Denise também.
  • Keep Circulating the Tapes: Alguns filmes não foram lançados em DVD, como o clássico A Princesa e o Robô, e os filmes com atores A Rádio do Chico Bento e Mônica e Cebolinha – No Mundo de Romeu e Julieta
  • Legacy Character: Uma história de 1998 diz que a aparência inconsistente de Denise é porque ela é uma personagem interpretada por atrizes animadas.
  • Limited Wardrobe: Isso resume tudo.
  • Live-Action Adaptation: Peças, mais os filmes Romeu e Julieta e A Rádio do Chico Bento - mas nenhum usando crianças.
  • Loads and Loads of Characters: Yeah.
  • May the Farce Be with You: Coelhada nas Estrelas e as continuações O Feio Contra-Ataca e O Retorno de Jedito.
  • Meat-O-Vision: h Magali, claro.
  • Monster Mash: A Turma do Penadinho
  • No Celebrities Were Harmed: Frequente (ver Shout-Out e Parody Names), tanto que uma das piadas recorrentes no Porra, Maurício! é sobre como os advogados do artista deviam se preparar.
  • No Fourth Wall: Sempre há citações à quadrinhos, roteiristas, leitores, e destacar fatos como a falta de dedos nos pés.
    • Uma tirinha em particular tem Mônica perseguindo Cebolinha no 1o quadrinho, o garoto parando sorridente ao ver “Fim” no 2o... e um Cascão espancado no 3º reclamando do erro do desenhista.
    • Uma história tem Zé Lelé vencendo uma corrida com Chico Bento ao escrever “Fim” no canto do quadrinho.
  • Not Allowed to Grow Up: Usado e sempre citado (quando perguntaram a idade do Cebolinha em uma história de aniversário: “7. Igual todo ano!”)
    • Pelo menos sabemos as datas de nascimento e meses de histórias de aniversário: Mônica em 21 de Março, Cebolinha em 24 de Outubro, Cascão em Novembro, (não tem dia certo, mas ele é Sagitário), Magali em 8 de Maionote  e Chico Bento em 1o de Julho.
    • Em uma história de 2009, há implicações de que todas as histórias de aniversário são situadas em UMA MESMA E ÚNICA FESTA, a de 7 anos. Ou seja,cada história mostra um fato que aconteceu em tal festa.
    • Isso muda no mangá.
    • A linha do tempo flutuante é aludida em um especial para a Copa do Mundo de 2010, em que Magali está na barriga da mãe em 2002, e Mônica and Cebolinha são bebês em 2006 (e a cabeçada de Zidane é uma coelhada que deu errado).
  • Only Six Faces: Citado. Muitas piadas dizem respeito aos traços faciais iguais, e em como “não podem ser distinguidos quando estão carecas”. Só há diferenças sutis como formato de nariz, tipos de corpo e a sujeira nas bochechas de Cascão.
    • Em uma história, Xaveco põe uma moita na cabeça de Cebolinha para que este possa se passar por Xaveco, e diz que é “É uma coisa boa que todos os personagens de Maurício tem a mesma cara...”
  • Panty Shot: Acontece frequentemente, principalmente nos desenhos, por causa dos vestidos curtinhos (Mônica e Magali parecem vestir camisetas...).
  • Parental Bonus: Muitas histórias não fazem sentido para crianças.
  • Parody Names: Muitas vezes, para produtos (“Tota-Tola”), personagens (Pokemão, Darti Vesgo, Superomão) e celebridades (Tom Cruzes, Ganzenrouses).
  • Pintsized Powerhouse: Mônica, duh.
  • Polygon Ceiling: Mônica e Cebolinha em 3D no Criança Esperança ... não funcionou bem.note 
  • Post Modernism: A falta de Quarto Muro leva a isso às vezes. Franjinha se apaixonou inicialmente pela Marina de verdade (que invadiu os quadrinhos usando um lápis do pai) para depois fazer o mesmo com a personagem Marina; uma história perguntava “Que fim levou o Sansão”... e terminava com quadrinho de fim carregando o coelho.
  • Power Trio
    • Garotas: Mônica, Magali, e Marina ou Denise (com Marina até formaram “As Panterelas”).
    • Garotos: Cebolinha, Cascão, e geralmente Xaveco.
  • Prehensile Hair: Cebolinha.
  • Reality Warper: Louco.
  • Roger Rabbit Effect: Em alguns dos filmes.
  • Room 101: O que Cascão pensa sobre se molhar.
  • Satellite Love Interest: Aninha é uma deconstrução da trope, até ser finalmente subvertido no mangá, onde ela termina o namoro com Titi e se torna uma workaholic.
  • Serious Business: O coelinho da Mônica. Os planos para roubá-lo incluem até viagem no tempo.
    • E o título de “dona da rua” às vezes leva Mônica a virar dominadora.
  • Ship Tease: Já que, fora Mônica e Cebolinha, há outro garoto e outra garota protagonizando, leitores tentam unir Cascão e Magali (algumas histórias futuras até os tem como casal), apesar de serem comprometidos com outras pessoas.
  • Shout-Out: Muitos, principalmente recentemente, com Cascão virando fã de Star Wars, entre outros fatos.
  • Shrinking Violet: Magali, exceto quando está faminta (o que muitos roteiristas consideram como sendo 99% do tempo).
  • Skinny Dipping: Chico Bento e companhia (motivo que inspira "espera o Hiro"). Uma história tem ele e Rosinha nadando pelados, para mais tarde ele se envergonhar com o vestido dela...
  • Split Personality: Bidu alterna histórias como cão normal e diretor/ator de quadrinhos, andando em duas pernas e falando com objetos que respondem, como a Dona Pedra.
  • Speak of the Devil: Basta citar morte/morrer/morto para Dona Morte aparecer, bem como louco/loucura/etc. pra surgir o Louco.
  • The Speechless: Humberto, que só fala em "hum".
  • Spinoff Babies: Invertido, mas negado por fãs que consideram a Turma da Mônica Jovem algo que estraga tudo (apesar de geralmente não serem o público-alvo, e da série original continuar).
  • Spotlight-Stealing Squad: Quem diria que a moça batendo no Cebolinha viraria a protagonista. (talvez por ser a primeira mulher da turma, e ainda baseada na filha do Mauricio)
  • Super Strength: Mônica, às vezes bem exageradamente (uma tirinha tem ela empurrando o mundo com um espirro)
    • No começo, ela guardava um tijolo dentro de Sansão. Hoje em dia, ela é apenas forte, e sua mãe já revelou parentes com a mesma característica.
  • Tagalong Kid: Dudu, e às vezes Maria Cebolinha.
  • The Movie: Alguns. "As Aventuras da Turma da Mônica" foi o primeiro note , e os anos 80 também trouxeram "A Princesa e o Robô". Recentemente, o primeiro "Cinegibi" (três seguiram em DVD) e "Uma Aventura no Tempo" foram lançados nos cinemas.
  • Time Machine: Franjinha constrói tantas que frequentemente citam que é a única coisa que ele faz. Uma até é a base de "Uma Aventura no Tempo". Outra foi a base de "O Exterminador de Coelhinho sem Futuro". O fracasso de Cebolinha deixou os outros garotos tão zangados com ele que ele pediu ao Dr. Brown levá-lo com ele em alguma viagem só para que eles não o pegassem. Em outra paródia do Exterminador, a Mônica, o Cebolinha e o Cascão eram ancestrais de rebeldes humanos e três robôs foram enviados de volta no tempo para destruí-los, impedindo os rebeldes de nascerem. Um dos robôs comentou que o que teve a idéia provavelmente plagiou de "algum filme". Os humanos não precisaram mandar ninguém de volta no tempo. Cebolinha derrotou os robôs com uma pistola d'água, o Cascão os derrotou com a trilha de poeira que deixou enquanto fugia e a Mônica é uma Boring Invincible Hero.
  • Token Minority: Vamos ver... Jeremias é o negro, Dorinha é cega, Luca usa cadeira de rodas, Humberto é mudo (ou surdo-mudo)...
  • Tomboy and Girly Girl: Mônica e Magali.
  • Totally Radical: A gíria usada pelos personagens às vezes é ultrapassada. Em algumas ocasiões, algum dos personagens até diz que ninguém usa mais uma determinada expressão.
  • Tsundere: Mônica é um Tipo A; espanca Cebolinha (e Cascão) mas é amiga dele e em algumas histórias, são casados no futuro (e são namorados na Turma Jovem).
  • Tuckerization: Comum, já que a maioria dos personagens são pessoas que Mauricio conheceu. Magali, Mônica, e Marina são suas filhas (bem como Maria Cebolinha, baseada em Mariângela), Cascão e Cebolinha são amigos de infância, Chico Bento e Zé Lelé são tios-avós do qual Vovó Dita sempre contava histórias, Tina é uma conhecida de escola, e Horácio um amigo que virou professor.
  • Viewers Are Geniuses: Batizar um porco de “Chauvinista”, só pra começar.
  • Violence is the Only Option: Mônica, principalmente em tirinhas, já que um espancamento ou ameaça rende uma piada fácil.
  • What Do You Mean, It's for Kids?
  • What Do You Mean, It Wasn't Made on Drugs?: As histórias do Louco .
  • Whole Plot Reference:Ocasional – das versões de Star Wars, Batman, e Romeu e Julieta citadas acima, com direito a um título só dessas histórias.
  • Why Did It Have to Be Snakes?: Cascão e água. Basta ser um copo, ou uma gota. Abandonado na versão Jovem.
    • E Mônica, apesar de ser forte e valente, tem medos femininos como ratos, baratas, minhocas, etc. Cebolinha sempre usa a seu favor.
  • Will They or Won't They?: Sempre se questiona isso sobre Mônica e Cebolinha (na turma Jovem, eventualmente ocorre).
  • Write Who You Know: A maioria dos personagens é baseada em conhecidos de Maurício, sua família (melhor exemplo sendo os filhos - Mônica, Magali, Marina, Maria Cebolinha, Nimbus e Do Contra) e amigos de infância.
  • Written Sound Effect: Aparece nas histórias e nos desenhos.


Ti Ti TiIndice Principal Do TropesWesley Willis

alternative title(s): Turma Da Monica
random
TV Tropes by TV Tropes Foundation, LLC is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Permissions beyond the scope of this license may be available from thestaff@tvtropes.org.
Privacy Policy
71750
23