Pt / Tendência de Personagem

Tendência é um atalho para a visão ética e moral de um personagem. Vários jogos de RPG usam algum tipo de sistema de alinhamento como Karma ou um "ideal" que um personagem deve viver, apesar de alguns jogadores menosprezam-no por considerarem uma muleta para "roleplaying real", e alguns sistemas sequer possuem alinhamento.

Sempre lembre-se de que a vasta maioria dos personagens na ficção não são personagens de RPG de tabuleiro, e portanto faltam-lhe uma intepretação canônica de alinhamento segundo os padrões abaixo. Personagens somente devem ser categorizados se seus alinhamentos forem claramente explicitados em canon. Como tanto os padrões quanto a personalidade dos personagens são vagos, complicados de se interpretar, e sujeitos à mudança por Desenvolvimento de Personagem, assim levando a debates sem fim; a colocação em personagens de tendências não declaradas é considerado estritamente subjetivo.

O sistema de tendência que a maioria dos jogadores é familiar é o usado em Dungeons & Dragons, que apareceu com algumas variações:

As edições originais de Dungeons & Dragons basearam-se em trabalhos de Poul Anderson e Michael Moorcock para surgirem com três alinhamentos: Ordeiro (ou Leal), Neutro e Caótico, sendo Leal representando honra e obediência a lei. Personagens caóticos podem ser insanos, mas podem se levar em direção a um desejo de liberdade a fazer o que quiserem. Se eles fazem o bem ou o mal por causa dessa liberdade, isto é o que define sua direção moral. Neutralidade alternativamente representa nenhuma das duas opções (como é o caso de animais ou pessoas que não se importam) ou um desejo de ver "equilíbrio" entre tais extremos. Edições posteriores mantiveram esses alinhamentos como o eixo "ético" da escala de tendência e adicionaram um segundo eixo "moral" de Bem, Neutro e Mal.

O eixo ético refere-se mais à atitude perante à sociedade e regras: personagens Ordeiros acham que uma sociedade organizada é importante e benéfica; personagens Caóticos não necessariamente se opõem a isso, mas crêem que a liberdade individual vem primeiro; Neutros tendem julgar tais situações caso a caso. Se uma lei é injusta, uma pessoa leal pode achar que precisa ser refeita, ou dizer que previne mais problemas do que os causa. Uma pessoa neutra pode ver a necessidade da tal lei, mas ainda pensaria que deveria ser abolida e refeita desde o começo. Uma pessoa caótica provavelmente descumpriria a lei.

Isto às vezes se junta em duas atitudes diferentes: se o personagem em questão acredita que o universo como um todo é ordenado, e como o personagem conduz sua vida, seja planejando seus atos ou vivendo um dia de cada vez. Isto é capaz de produzir confusão considerável, pois que os três níveis podem existir em qualquer combinação.

O eixo "moral" pode ser adequadamente explicado pelo foco dessas morais: pessoas Boas geralmente focam em você (eles sentem que devem ajudar todo mundo quando possível). Neutros são usualmente focados em nós, significando sua família e amigos (eles podem ser caridosos, mas seu "círculo" sempre vem primeiro), apesar de que podem mostrar elementos de mim (em que tendem a olhar em si mesmos e estão desinteressados em afazeres dos outros). Pessoas Más estão focadas em mim (frequentemente às custas dos outros). No entanto, como bem, males se também se focam em você (mas em vez de apoio e gentileza, temos destruição e sofrimento).

Combinando os dois eixos, personagens podem ter nove tendências, definidas a seguir:

  • Ordeiro Bom: São aqueles que acreditam que a Lei e a ordem são boas e é benéfico seguir e manter elas em prol da paz e da harmonia da sociedade. O alinhamento do Herói com Capa, do Paladino e do Cavaleiro com armadura brilhante. Acreditam na Verdade e na Justiça, mas podem acreditar nelas um pouco além da conta. Quando acreditam e seguem cegamente as leis e a ordem, acreditando que são boas, tendem a ser estupidamente ordeiros, dependendo da sua caracterização. Indivíduos que acreditam que Rousseau estava certo tendem a ver a sociedade como um ordeiro bom. Nas mais recentes edições de Dungeons & Dragons, arcontes, celestiais que habitam Celéstia, são ordeiros bons. De uma perspectiva mais realista, são aqueles que são altruístas que acreditam num estilo de vida organizado em benefício pela espécie.
  • Neutro Bom: Doçura e luz. Fazer o bem é mais importante do que obedecer à lei, mas lei não é ruim. Não se preocupam demais com Order Versus Chaos; preocupam-se com bondade moral, mas quase sempre não imporão nos outros. The Messiah é passível de ser Neutro E Bom. Pense numa "pessoa legal" e você terá um Neutro E Bom. (Para aprendizes avançados, há Good Is Not Nice). Estados Neutro E Bom podem ser [[Pt/Utopia lugares legais para se viver]], mas dependendo de quão idealista ou cínico o cenário é, eles estão se iludindo. Os guardinais de D&D, criaturas bestiais que habitam Elísio, são Neutros e Bons.
  • Caótico Bom: Rebeldes e espíritos livres que quase sempre estão se opondo a tiranos e outros tipos opressivos. Análogos ao Caotico E Neutro, só que mais legais. Acreditam que coisas como ordem, disciplina e honra ficam no caminho de fazer o que é certo. Ou que muita ordem é ruim para todos. Seja qual for sua posição, agem conforme seus ideiaos antes que deixem a lei ficar em seu caminho, e às vezes eles desafiam as leis para conseguir o que querem. Se são retratados como heróis, idealistas, Manic Pixie Dream Girl ou apenas um problema depende da visão do autor e, em último caso, leitores. Representados antes de D&D 4E pelos elfos e pelos eladrins de Arbórea. Robin Wood é melhor exemplo de personagem deste alinhamento, pois desafiava a Lei e a Ordem em prol de ajudar os mais pobres.
  • Ordeiro Neutro: A regra pela regra. Lei e ordem são mais importantes do que bem e mal. Crêem em manter a ordem, mas não necessariamente vêem Justiça como uma constante universal (apesar de que podem - o que complica as coisas). Eles prenderão um ladrão ou estuprador, mas podem enxotar uma família da casa dela por não pagar o aluguel, mesmo se ela for pobre. Podem acreditar numa Ordem Cósmica que transcede leis - muitos monges são Leais e Neutros. Podem ser tanto bons quanto maus numa situação de Order Versus Chaos. Pessoas que acham que Hobbes Estava Certo argumentarão que todas as sociedades tendem a Leal E Neutro, já que indivíduos Sempre Caóticos e Neutros que criaram a sociedade abandonam sua liberdade à lei em prol de proteção de outros indivíduos Caóticos e Neutros. Formians, seres de D&D com obsessão pela precisão e ordem perfeitas que habitam o plano de Mecânus são Leais e Neutros. The Stoic pode ser um bom Leal E Neutro.
  • Verdadeiro Neutro: Também conhecido apenas como neutro ou até mesmo Neutro Neutro. Existem dois tipos de personalidade dentro deste alinhamento : aquele que mantém o equilíbrio ou aquele que tá nem ai. O primeiro busca agir de maneira neutra entre as forças de maneira que haja um equilíbrio. Já o segundo é o tipico personagem no qual está interessado apenas para sí mesmo no qual não liga para os problemas do outros, ou da sociedade. Como exemplos, o comum cidadão de Libria (no filme Equilibrium) é um exemplo da versão “tá nem ai” deste alinhamento, sem ser necessáriamente estúpido. Em contrapartida, em D&D, os Rilmani, humanóides de pele metálica originários de Outlands, são verdadeiros neutros, mantendo o balanço entre os outros planetas. Animais também são considerados verdadeiros neutros dentro do jogo pela falta de capacidade moral. Neutros inteligentes são bastante lógicos na sua maneira de agir, incluíndo a sua moral. Neutro é o melhor alinhamento que representa a maneira natural de agir, sem preconceito ou compulsão, mas pode ser um alinhamento perigoso quando representa apatia, indiferença e falta de convicção.
  • Caótico Neutro: Os definitivos espíritos livres ou apenas um bando de lunáticos? Podem ser um ou outro. Caóticos neutros primam a liberdade e não ligam muito para a moral e os bons costumes. As vezes são apenas um bando de loucos sem moral, as vezes são pessoas boas com um grande senso de aventura no qual podem leva-las para situações perigosas. É um alinhamento usando com certa frequência em jogos de tabuleiro como desculpa para os jogadores fazer o que quiserem (no caso do Game Master proibir alinhamentos maléficos), entretanto, são frequentemente proibidos de usar este alimhamento pelo Game Master. Como o ordeiro neutro, entretanto, o quanto “bom” eles podem ser depende do lado que conflito ordem vs caos a história tende. Os slaad, criaturas nas quais parecem um sapo e que habitam o Limbo, são Caóticos Neutros. O famoso jeitinho Brasileiro quando usado para benefício próprio é um exemplo de ato deste alinhamento. Caótico Neutro é o alinhamento que melhor representa a “verdadeira liberdade”, mas pode ser um alinhamento perigoso quando se busca eliminar toda autoridade, harmonia e a ordem da sociedade.
http://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.php/Pt/TendenciaDePersonagem