Follow TV Tropes

Following

Pt / Wesley Willis

Go To

1963-2003
Advertisement:

Wesley Willis era um músico norte americano. Diagnosticado com esquizofrenia, Wesley Willis tocava teclado e vendia seus desenhos para sobreviver. Fã de rock, que segundo ele, era a música dos "joy rides", ou momentos de alegria, Wesley Willis começou a cantar, acompanhado dos sons padrão de seu teclado. Depois de juntar dinheiro o suficiente para gravar alguns discos, sua carreira musical decolou.

Suas músicas seguiam sempre a mesma fórmula: usando os sons padrão de seu teclado, Wesley falava sobre os assuntos mais variados, como confrontos com super heróis, homenagens a amigos que ele nem sequer conhecia, leituras de notícias de jornais, e músicas extremamente obscenas incentivando seus demônios a chuparem paus de todo tipo de animal, para assim espantá-los e prevenir os "warhellrides", os encontros com seus demônios. No final, as músicas sempre terminavam com as frases "Rock over London, Rock on Chicago", seguidas de um slogan variado, como "Wheaties. Breakfast of Champions".

Advertisement:

Wesley morreu em 2003, após uma longa batalha contra a leucemia.

Este músico dá exemplos de:

  • Bordão: "Rock over London! Rock on, Chicago!"
  • Bunny Ears Lawyer
  • Cloud Cuckoolander: Foi diagnosticado com esquizofrenia.
  • Cluster F Bomb: "Fuck You". O refrão é apenas "fuck you" repetido cinco vezes.
  • Ear Worm
  • Lyrical Dissonance: Ele escrevia músicas violentas e asquerosas, usando as mesmas músicas alegrinhas padrão de seu teclado.
  • Madness Mantra: Os refrões de suas músicas consistem em repetir o nome da canção umas quatro ou cinco vezes.
  • Once An Episode: Muitas músicas acabavam com a frase "Rock over London, Rock on Chicago!" seguidas de um slogan.
  • Refuge In Audacity: Ajuda com a loucura.
  • Refuge In Vulgarity: Algumas de suas músicas, como "Suck My Dog's Dick" e "Lick A Bulldog's Nasty Asshole" tinham títulos cheios de palavrões e atos asquerosos, como forma de enojar os demônios que perturbavam a vida dele.
  • Advertisement:
  • So Bad Its Good: A tosquice e vulgaridade de suas músicas, combinada com a sinceridade do cantor, ganhou o coração de muita gente.
  • Three Chords And The Truth
  • True Art Is Offensive
  • Word Salad Lyrics: O sentido de algumas de suas músicas é simplesmente indecifrável.


Top

How well does it match the trope?

Example of:

/

Media sources:

/

Report